Digital Key 2.0 vai além do controle de acesso a carros por smartphones

A nova chave digital permite o uso de qualquer smartphone para abrir portas de veículos e ainda realizar operações remotas variadas de um modo que promete ser simples, prático e seguro

Edson Perin

O Car Connectivity Consortium (CCC) anunciou nesta semana a especificação do Digital Key Release 2.0, disponível para seus membros. O Digital Key é um ecossistema padronizado que permite que os dispositivos móveis armazenem, autentiquem e compartilhem Digital Keys (chaves digitais) para veículos de uma maneira segura, que preserva a privacidade e que funciona em qualquer lugar. A tecnologia Digital Key tem base na Near Field Communication (comunicação por campo próximo ou NFC), um tipo de identificação por radiofrequência (RFID).

Para Mahfuzur Rahman, presidente do CCC, o Digital Key Release 2.0 é o ápice dos esforços de todos os membros do consórcio para oferecer o futuro do acesso a veículos. “O Release 2.0 fornece um método padronizado e seguro para os proprietários de veículos usarem seu próprio dispositivo móvel como chave digital e suporta vários modelos de uso”.

De acordo com Rahman, esta chave também será a base do Digital Key Release 3.0 e posteriores, que adicionarão ainda mais recursos fáceis de usar. “Estou empolgado com o ecossistema da chave digital que está surgindo, onde o uso do smartphone como chave de carro se torna tão comum quanto o uso do mesmo como câmera”.

Como a especificação Digital Key Release 2.0 utiliza a tecnologia Near Field Communication (NFC), as interações entre smartphones e veículos ocorrem sem contato e suportam uma arquitetura escalável para adoção em massa, com redução de custos. Assim, os proprietários de veículos poderão aproveitar o Digital Key Release 2.0 para os seguintes recursos:

• Segurança e privacidade equivalentes a chaves físicas;

• Interoperabilidade e consistência da experiência do usuário em dispositivos e veículos móveis;

• Acesso, partida, mobilização, entre outras atividades remotas com veículos;

• Conectividade com o proprietário e compartilhamento de chaves com amigos, com perfis de direitos padrão ou personalizados;

• Suporte para dispositivos móveis no modo de bateria fraca, quando a operação normal do dispositivo fica desativada.

A arquitetura Digital Key usa interfaces padronizadas para garantir a interoperabilidade entre implantações de fabricantes de dispositivos móveis e fabricantes de veículos, e usa infraestrutura de chave pública baseada em padrões para estabelecer segurança de ponta a ponta. Os dispositivos móveis criam e armazenam as chaves digitais em elementos seguros, que fornecem o nível mais alto de proteção contra ataques baseados em hardware ou software.

A arquitetura também foi projetada para permitir que os proprietários de veículos acessem seus veículos sem conectividade com a internet, além de permitir que os fabricantes de veículos adicionem recursos que exigem conectividade com a internet para recursos especializados.

A próxima geração de chaves digitais, a especificação 3.0, está em desenvolvimento. Esta utilizará a conectividade sem fio Bluetooth Low Energy e Ultra Wideband para oferecer suporte ao acesso sem chave passivo e com reconhecimento de local, proporcionando aos proprietários de veículos mais conveniência e novos recursos.

O CCC se dedica à colaboração entre indústrias no desenvolvimento de padrões e soluções globais para conectividade entre smartphones e veículos. O Conselho de Administração da CCC inclui pessoas físicas de empresas associadas como Apple, BMW, General Motors, Honda, Hyundai, LG, Panasonic, Samsung e Volkswagen. Os mais de 100 membros da organização representam uma parte do mercado global de automóveis e smartphones.

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui