Seis maneiras para a IoT transformar o setor de limpeza comercial

A Internet das Coisas (IoT) está promovendo uma verdadeira revolução no setor de limpeza, que veio para ficar

Nouman Ali

A Internet das Coisas (IoT) transformou vários setores. Embora a tecnologia remonte à década de 1960, esta se tornou cada vez mais popular na última década. O fato de que a IoT transformou as máquinas sem fio foi um dos principais motivos pelos quais ela entrou no setor de limpeza. A IoT revolucionou o setor de limpeza e a tecnologia veio para ficar. Continue lendo para aprender seis maneiras pelas quais as tecnologias IoT mudarão o setor de limpeza comercial.

Custos de manutenção mais baixos

Como os dispositivos IoT são equipados com sensores, é mais fácil descobrir se algum deles está quebrado. Isso economiza tempo e energia que, de outra forma, seriam gastos em passeios e visitas da equipe para verificar os suprimentos e equipamentos de limpeza existentes. Por meio de dispositivos IoT, agora é mais simples do que nunca rastrear equipamentos que requerem manutenção. Ao descobrir a tempo se uma peça de equipamento precisa de atenção, a IoT o torna extremamente conveniente para quem está lidando com departamentos de limpeza.

Nouman Ali

Em média, as empresas devem realizar pelo menos quatro ou cinco visitas ao local por cliente para verificar os equipamentos e suprimentos. Ter gadgets que fazem o trabalho de visitas ao site proporciona uma grande economia para ambas as partes. Além disso, as empresas de manufatura que produzem produtos de limpeza podem educar os clientes sobre como consertar pequenos problemas por conta própria, permitindo-lhes evitar visitas ao local e os custos que vêm com elas.

Resíduos de materiais reduzidos

Com a IoT no mercado, espera-se que os resíduos de limpeza comercial sejam reduzidos significativamente. Quão? Vamos examinar isso em detalhes. Lixeiras inteligentes podem ser conectadas a uma rede. Essas caixas podem medir o nível até o qual são preenchidas e também são equipadas com outros sensores, como aqueles que monitoram o aumento de temperatura e pressão. Ao saber quais lixeiras foram enchidas e quais não, os departamentos de saneamento podem permanecer bem informados e, portanto, só precisam visitar as localidades onde as lixeiras estão cheias.

Isso, por sua vez, economiza custos gerais de transporte e combustível. Outra forma que essa tecnologia pode ajudar a reduzir o desperdício é por meio do monitoramento efetivo do uso de materiais nos banheiros, como sabão, água e papel-toalha. Os dados coletados podem ajudar as empresas a planejar uma melhor alocação de recursos e, assim, evitar o desperdício. Por ter estatísticas que revelam quando os banheiros precisam ser limpos, uma empresa pode utilizar a mão de obra corretamente, resultando em eficiência geral e maior produtividade.

Ambientes de trabalho mais saudáveis

A maioria dos locais de trabalho começou a adotar tecnologias sem toque em suas instalações, especificamente em banheiros e outras áreas públicas. Os banheiros modernos são equipados com recursos como banheiros automáticos e dispensadores de sabão. Tudo o que você precisa fazer é usar sua voz para pedir ao sistema para lavar suas mãos. Isso proporcionou aos humanos um novo nível de conveniência e também deu uma folga ao departamento de limpeza.

O contato reduzido com as superfícies significa que há menos superfícies para limpar. Existem também sistemas integrados que podem identificar crachás de funcionários e desbloquear a tecnologia apenas para uso da equipe. Além disso, os temporizadores podem ser programados para abrir dispensadores de sabão e torneiras de água apenas por um determinado período de tempo. Isso ajuda a economizar recursos, como barras de sabão e água. As tecnologias podem ajudar a diminuir consideravelmente a propagação de doenças infecciosas e, assim, criar locais de trabalho mais saudáveis.

Experiências do cliente aprimoradas

Com a conveniência em tal nível, não é surpreendente que os dispositivos IoT tenham melhorado a experiência do cliente nos últimos anos. Com os dados coletados regularmente por meio de dispositivos de monitoramento, há maiores chances de empresas prestarem melhores serviços aos seus clientes a um custo menor. Por meio desses dispositivos inteligentes, toneladas de dados podem ser coletados, que podem ser analisados ​​a partir de uma perspectiva de business intelligence e permitir que as empresas desenvolvam estratégias de uma forma mais organizada.

Custos operacionais mais baixos

Pode haver um custo inicial mais alto do que para dispositivos controlados manualmente, mas os custos operacionais e de manutenção (conforme discutido acima) são muito menores em comparação com os métodos de limpeza tradicionais. Novos métodos envolvem monitoramento de tráfego em determinadas áreas e são mais baseados em rotinas. Por exemplo, se certas áreas de uma localidade receberem mais tráfego de pedestres durante horários específicos, o departamento de limpeza será informado com antecedência. Ao rastrear padrões e agir de acordo, as empresas de limpeza podem economizar dinheiro e se tornar mais eficientes e produtivas. Por outro lado, se uma sala tem menos tráfego, as visitas podem ser evitadas e os recursos podem ser gastos onde são mais necessários.

Maior uso de tecnologia de sensores

A maioria dos dispositivos mencionados acima possui tecnologia de sensor instalada. Os sensores IoT levaram o jogo um passo adiante. Por exemplo, existem sensores instalados em pisos de supermercados para detectar umidade e alertar as autoridades em caso de derramamentos e vazamentos. Além disso, alguns sensores detectam se há luzes ou equipamentos desnecessários ligados, reduzindo as contas de energia e luz. Essas ferramentas são especialmente eficazes para instalações maiores, onde os suprimentos podem ser difíceis de rastrear e os recursos podem ser limitados. Além disso, o conceito de “mesas quentes” permite que os departamentos de limpeza restrinjam suas atividades à limpeza apenas das mesas que estão em uso.

Nota final

Embora os dispositivos de limpeza existentes sejam altamente eficientes, ainda existem alguns vazios que precisam ser preenchidos. Mesmo as empresas que estão desenvolvendo esses dispositivos vêm com uma isenção de responsabilidade de que robôs e outras máquinas não podem analisar completamente os espaços, e pode haver certas lacunas. Portanto, é melhor ter supervisão humana, mesmo quando os dispositivos mais conhecidos no mercado estão instalados para garantir a implementação bem-sucedida da limpeza comercial baseada em IoT.

Ali Nouman fornece serviços de ghostwriting e direitos autorais. Sua formação acadêmica na área técnica e estudos de negócios o ajuda a lidar com tópicos que vão desde carreira e produtividade empresarial até desenvolvimento da Web e marketing digital. Nouman ocasionalmente escreve artigos para Carpet Bright.

- PUBLICIDADE -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here