Visa anuncia marca de 1 bilhão de tokens NFC distribuídos

A bandeira de cartões de crédito informa que por meio do seu Visa Token Service (VTS) há mais de 8.200 emissores usando o serviço em 150 mercados em todo o mundo

Edson Perin

A bandeira de cartões de crédito Visa anunciou que atingiu a marca de 1 bilhão de tokens NFC (Near Field Communication) distribuídos a mais de 8.200 emissores do serviço em 150 mercados de todo o mundo. Do total de 1 bilhão, mais de 680 milhões foram emitidos nos últimos 12 meses, segundo Ansar Ansari, vice-presidente sênior de produtos de pagamento digital da Visa.

“A grande mudança do mundo para o digital ressalta a necessidade de comércio digital fácil e seguro, e é por isso que vimos um aumento tão grande no número de tokens emitidos pelo Visa Token Service”, declarou. Segundo pesquisa da Visa, 83% dos consumidores pesquisados dizem que farão compras por meio de dispositivos sem contato por considerarem uma maneira efetiva de melhorar suas experiências de compras.

Ansar Ansari

A companhia, um dos grandes players no segmento de pagamentos com cartões de plástico, sistema que tem ajudado a substituir gradativamente o uso de papel moeda, dedicou-se ao longo dos anos a tornar este processo mais prático e seguro. Agora, apesar de o core business da Visa não ter se alterado significativamente, a tecnologia dos pagamentos sem contato está tomando mais e mais espaço em seus negócios, seja por cartões de plástico ou por meio de smartphones – ambos com chips NFC.

Os pagamentos sem contato têm se desenvolvido com bastante velocidade em diversas economias do mundo, graças ao trabalho da Visa e de empresas que concorrem com ela no mesmo segmento. Há inclusive soluções como as do Apple Pay ou do Google Pay, que utilizam os smartphones respectivamente das plataformas iOS e Android para oferecer uma interface de pagamentos sem contato aos seus usuários, apesar de utilizarem em ambos os casos os serviços das operadoras dos cartões de crédito.

Com o objetivo de seguir a trilha dos pagamentos sem contato, que têm atração garantida de consumidores especialmente no mundo pós-pandemia de Covid-19, a Visa também tem expandido a amplitude dos seus sistemas para diversos serviços e dispositivos, incluindo relógios inteligentes (smart watches). Para isto a empresa criou a plataforma chamada Visa Token Service (VTS).

IoT da Visa e os focos da companhia

A VTS funciona como uma plataforma unificada para dar suporte a pagamentos sem contato ao redor do mundo. Por meio deste sistema, os números dos cartões de crédito se tornam “tokens”, que têm como principal finalidade reduzir as fraudes. Este princípio já tem sido empregado por aparelhos móveis, como smartphones e smartwatches. O conceito embutido nesta estratégia é o de Internet das Coisas (ou IoT, do inglês, Internet of Things).

Em IoT, a Visa foca em seis categorias principais de serviços, como dispositivos “vestíveis”, onde se encontram os smartwatches; carros conectados; aparelhos de grande porte, como geladeiras; varejo; cidades inteligentes; e ambientes corporativos. Estas categorias visam a permitir pagamentos de combustíveis e estacionamentos diretamente pelos veículos, pagamentos por relógios ou outros acessórios de uso pessoal, e até mesmo fazer com que uma geladeira faça as compras de supermercado.

Assista ao vídeo da empresa:

- PUBLICIDADE -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here