SIG: assista à apresentação do case no IoP Journal Award

As caixinhas de leite da cooperativa Languiru, que processa 600 mil litros por dia em Teutônia (RS), permite aos consumidores identificar produtores rurais e atestar autenticidade do produto

Edson Perin

O caso de sucesso da Languiru, cooperativa gaúcha de produtores de leite, foi um dos seis ganhadores do IoP Journal Award, premiação concedida na conferência internacional IoP Journal World 2020. Sediada no município de Teutônia (RS), uma cidade de 30 mil habitantes no Vale do Taquari, a cooperativa atua em diversos segmentos, especialmente no de lácteos, e tem capacidade para processar 600 mil litros de leite por dia. Os processos da companhia eram manuais, pautados em papel e sistemas independentes uns dos outros. Agora, está todo automatizado e digitalizado, desde a captação da matéria-prima, insumos e ingredientes utilizados, processo produtivo até a chegada no ponto de venda, o que levou a ganhos de eficiência e garantiu a origem e a autenticidade dos produtos em toda a cadeia de suprimentos.

O sistema implantado em parceria com a SIG Combibloc se baseia na impressão de QR Codes únicos em cada embalagem para atribuir as informações de rastreabilidade antes e depois do envase, desde a coleta do leite até o ponto final de venda, integrando a cadeia de valor da cooperativa Languiru. Os QR Codes permitem a serialização das embalagens, caixas e pallets com proteção e segurança da informação. Os produtos rastreados com a tecnologia Connected Pack, da SIG, são: Leite Integral, Semidesnatado, Desnatado, Zero Lactose e Chocolan (bebida láctea sabor chocolate). Já para o transporte das embalagens que utilizam QR Codes, da SIG para o envase, a tecnologia RFID da iTAG Etiquetas Inteligentes entrou em ação (saiba mais em SIG digitaliza processos, ganha produtividade e reduz uso de papel).

A partir de hoje, o IoP Journal apresentará os casos de sucesso vencedores do IoP Journal Award e que fizeram parte da programação do congresso internacional IoP Journal World 2020. Assista hoje ao case da SIG, apresentado pela Prof. Dra. Katherine de Matos, especialista em segurança de alimentos e consultora da SIG:

O case da ID-Cotton, vencedor como o Melhor Case do Ano no IoP Journal Award 2020, foi escolhido por voto direto do público entre os seis casos de sucesso apresentados no dia 12 de novembro, no IoP Journal World 2020. Os outros cinco casos de sucesso que participaram do IoP Journal Award 2020 também foram escolhidos entre os 14 inscritos, por um júri formado pelos professores doutores Fernando Rangel de Sousa (UFSC), Glauco Fontgalland (UFCG) e Jean Louis Silva Santos (IFS), e ainda pelo chairman do prêmio Prof. Dr. Marcelo Lubaszewski (UFRGS). Os seis cases selecionados foram: HP, ID-Cotton, SIG Brasil, Unipac, UpperBag e Vale.

O congresso internacional mostrou as experiências práticas e avanços no uso de tecnologias como identificação por radiofrequência (RFID), Impressão Digital, Realidade Aumentada, QR Codes, códigos de barras, entre outras, que geram benefícios para as diferentes empresas participantes, e que atuam em diversos setores.

Além dos conhecimentos sobre o uso de tecnologias de Smart Packaging, por meio das apresentações dos casos de sucesso, foram discutidos nos painéis diversos temas que vão além das iniciativas de Identificação e Rastreamento, ampliando os horizontes para a Garantia de Autenticidade dos Produtos, Melhoria da Experiência do Cliente e Incentivo a Iniciativas de Sustentabilidade e Economia Circular, o que traz um novo potencial de Retorno sobre o Investimento (ROI).

Vale registrar que o congresso anual IoP Journal Brasil foi patrocinado pelas empresas Sincpress, iTag, 4Next, estas pela Categoria Diamond, e, ainda, Avery Dennison, HasarBrasil e Impinj, como Gold.

- PUBLICIDADE -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here