Pandemia acelera soluções de Indústria 4.0 no Brasil

Empresa implanta solução com óculos inteligentes para favorecer, por meio de Realidade Aumentada, a manutenção remota de equipamentos de envase

Edson Perin

A SIG, empresa especializada em envase e embalagens cartonadas, acaba de fechar parceria com a Lacbom, empresa de laticínios e cliente SIG para o envase de leites regulares e achocolatado, desde 2019, para a prestação de atendimento remoto das máquinas instaladas em sua fábrica, localizada na cidade de Araputanga (MT).

Por meio do serviço remoto de monitoramento instalado na Lacbom, a SIG consegue que seu técnico faça remotamente o diagnóstico de possíveis problemas que as máquinas de envase venham a apresentar, ou sugerir correções preventivas. A solução se enquadra no conceito de Indústria 4.0, por meio de Realidade Aumentada.

Assista na íntegra no nosso Canal do Youtube: inscreva-se, curta e compartilhe!

Com o uso de smart glasses (óculos inteligentes), o funcionário Lacbom é capaz de mostrar ao técnico da SIG a máquina de envase que está com problemas, permitindo acesso visual a todo o seu mecanismo. Assim, o diagnóstico e a correção de um defeito podem ser feitos a quilômetros de distância, com economia dos custos e tempo de deslocamento de uma equipe técnica.

O objetivo da solução é garantir que a máquina fique o menor tempo possível parada, já que por esse sistema o atendimento pode ser realizado imediatamente. “A solução foi desenvolvida com o objetivo de trazer mais comodidade e evitar diversos custos aos clientes SIG”, diz Romulo de Andrade, gerente de serviços da SIG para América do Sul.

Andrade afirma que, em meio à pandemia, este recurso com os óculos se tornou uma opção para garantir a segurança de seus funcionários, tanto da SIG como de clientes, evitando as viagens e mantendo o distanciamento social. Com isso, a Lacbom consegue ter acesso imediato aos técnicos especializados da SIG, praticamente, o tempo todo.

“Essa solução possibilitará que a Lacbom continue tendo uma maior produtividade de suas máquinas e um baixo índice de perdas, já que conseguiremos resolver possíveis problemas remotamente e com um custo bem mais em conta”, segundo Mizael Barreto, diretor presidente da Lacbom, em nota oficial da SIG.

Para Arthur Silva, gerente da conta Lacbom, a solução trouxe ao cliente a possibilidade de um atendimento especializado e imediato. “Além da redução de custos, podemos garantir o atendimento da uma equipe de técnicos e especialistas da SIG sempre acessível. Com os smart glasses, as correções podem ser realizadas mais rápido”.

A Lacbom é uma empresa 100% mato-grossense, fundada com base no cooperativismo, em 1975. Tem por tradição levar produtos de excelente qualidade a mesa de seus consumidores. Uma das líderes no Mato Grosso e ainda presente nos estados do Amazonas, Acre, Rondônia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul tem um mix de 21 produtos industrializados, merecendo destaque para o leite UHT.

Lacbom utiliza Realidade Aumentada com óculos inteligentes, para Indústria 4.0

A SIG fornece sistemas e soluções para embalagens cartonadas assépticas em parceria com clientes de setores como produtos alimentícios e bebidas, que chegarão aos consumidores de todo o mundo de uma forma segura, sustentável e acessível. A tecnologia SIG busca inovação e oferecer aos clientes soluções ponta a ponta para produtos diferenciados, fábricas mais inteligentes e embalagens conectadas, para atender às necessidades em constante mudança dos consumidores.

“A sustentabilidade é parte integrante de nosso negócio e estamos indo muito além do Bem para criar um sistema líquido positivo de embalagem de alimentos”, afirma nota oficial da empresa. Fundada em 1853, a SIG está sediada em Neuhausen, Suíça. As habilidades e experiência de aproximadamente 5.500 funcionários em todo o mundo permite responder rápida e efetivamente às necessidades de clientes em mais de 60 países.

Em 2019, a SIG produziu 38 bilhões de embalagens cartonadas e gerou uma receita de 1,8 bilhões de euros. A SIG tem uma classificação AA ESG pela MSCI, uma classificação 18,8 (baixo risco) pela Sustainalytics e uma classificação Platinum CSR pela EcoVadis.

- PUBLICIDADE -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here