Produtos se conectam melhor via embalagens inteligentes

Diversas marcas estão permitindo que seus produtos se conectem aos consumidores em espaços digitais, por meio do uso da tecnologia Near Field Communication (NFC)

Andrew Manly, da AIPIA

Para o lançamento de perfume Phantom, o seu mais recente de Paco Rabanne, em estreita colaboração com a VPI, uma tampa spray recarregável foi desenvolvida na forma de uma cabeça de robô que conecta os consumidores a um espaço digital exclusivo por meio do uso de tecnologia NFC (Near Field Communication).

A tampa combina uma aparência metálica e a montagem de um microchip NFC dentro de uma cabeça de robô de três peças para garrafas de 100ml e 150ml. Digitalizar a embalagem com um smartphone permite que os consumidores descubram um espaço digital criado especialmente para eles que inclui jogos, playlists e recursos de realidade aumentada.

Este é o “primeiro perfume conectado” da marca de moda sediada na França, permitindo que os compradores “se conectem ao universo Phantom” de jogos interativos e outros recursos por meio do chip. A fragrância está atualmente disponível em lojas duty free em aeroportos e outras lojas de varejo de viagem. Um lançamento completo no varejo está planejado em breve.

A Avallen Spirits, um produtor de calvados [aguardente de cidra, obtida de maçãs] com sede no Reino Unido, começou a incluir detalhes de impacto ecológico em todos os rótulos, incluindo uso de água, emissões de GEE, bem como detalhes de doações de caridade da empresa. Eles podem ser acessados ​​por QR Code na embalagem e links para o relatório de sustentabilidade mais recente da Avallen.

O cofundador Tim Etherington-Judge disse que a mudança estabelece um novo padrão de sustentabilidade na indústria de bebidas. A empresa foi fundada em 2019 por Etherington-Judge e Stephanie Jordan, que anteriormente faziam parte da equipe de marcas de reserva da Diageo.

“A indústria de destilados tem uma total falta de transparência na rotulagem, com as marcas nem mesmo sendo obrigadas a listar os ingredientes na garrafa, muito menos seu impacto ecológico”, explicou Etherington-Judge. “Queremos mudar isso e liderar desde o início, comunicando nossa pegada ambiental da forma mais clara possível para as pessoas que procuram entender mais sobre o efeito dos produtos que compram”.

A Kao Corporation descontinuará o fornecimento de amostras de cores de cabelo usadas como promoções de vendas em lojas para todas as seções de cor de cabelo e manicure de cabelo no Japão a partir de outubro de 2021. Em vez disso, a Kao introduziu sua simulação de cor de cabelo *1 como uma nova ferramenta para ajudar os clientes a selecionar cores de cabelo. Com a ferramenta, os clientes podem verificar as imagens coloridas a qualquer hora e em qualquer lugar lendo QR Codes *2 nos POPs da loja e no verso das embalagens dos produtos.

A *1 Kao utiliza o módulo YouCam Makeup do app de maquiagem AR para navegadores em colaboração com a Perfect Corp. O código QR *2 é uma marca registrada da Denso Wave Inc.

A empresa planejou revisar o fornecimento de amostras de cores em feixes de cabelo para todas as marcas até 2022, quando lançou a série Blauné Lumiést no outono passado, mas irá adiantar o cronograma fora de considerações ambientais, diz ela.

O IoP Journal é media partner da AIPIA

- PUBLICIDADE -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here